Raquel Bazetto Consultoria de Imagem e Estilo
lenço hermès azul

Raquel Bazetto

#RaquelResponde: Como surgiu o Carré, o lenço mais famoso do mundo?

Esse é apenas o segundo #RaquelResponde desde que o site foi criado, e eu sinto um grande prazer em escrevê-lo. Talvez, porque eu sempre gostei de ouvir e de contar histórias.

No post anterior, eu falei um pouco sobre lenços e das diferenças para o cachecol, a echarpe e o xale (clique aqui se você não leu). Hoje, eu vou falar do mais famosos dos lenços: o carré, da Hermès.

Antes, vou te contar um pouquinho da história da marca francesa, caso você não a conheça. 

Luxo e tradição 

A Hermès foi fundada em 1837 por Thierry Hermès, um alemão que se mudou com a sua família para Paris, onde aprendeu técnicas de fabricação em couro. A pequena oficina iniciou suas atividades produzindo couraças, arreios para cavalo e arneses de ferro para o comércio de carruagens. Logo a Hermès passou a ser um importante fornecedor da aristocracia por toda a Europa.

O negócio da família seguiu por gerações. No entanto, foi apenas no final do século XIX e início do século XX que começou a produzir malas, bolsas e casacos de couro. 

Apesar de nunca ter abandonado a produção de selaria, a Hermès é uma marca de moda e seus negócios atuais envolvem roupas, bolsas, acessórios, relógios, perfumes, maquiagens, entre outros itens, sendo a segunda marca de luxo mais valiosa do mundo.

Fachada loja Hermès Saint-Honore
Fachada da loja, em Paris

O famoso quadrado

Carré, que significa quadrado em francês, é o nome dado ao lenço de seda que mede 90 cm, existe desde 1937 e foi lançado no centenário da marca. O primeiro desenho foi feito por um membro da família Hermès, Robert Dumas, e trazia a xilografia de um jogo. 

Setenta anos depois, dezenas de artistas criam desenhos com temas específicos para cada lenço, que leva, também, as iniciais de quem o criou. 

São desenhos que passam pelas tradicionais carruagens e escudos reais as estampas futuristas.

Carré 90 Double Face Pain Shar Pawnee

Os lenços são produzidos em Lyon, na França – a cidade é conhecida mundialmente por sua excelência em produção de seda. Já os fios de seda utilizados para a fabricação do tecido são brasileiríssimos. É aqui, mais precisamente no interior de São Paulo e Paraná, que surge a matéria prima para a produção do famoso lenço.

O processo é artesanal, a serigrafia (que é como se fosse a impressão do tecido) é feita peça por peça. Em média, um carré tem 27 cores, mas pode chegar até 42. As bainhas são enroladas e costuradas à mão. Um único lenço pode levar seis meses para ficar pronto e custa em média 500 Euros, no site francês da marca.

Além do carré

Ele foi o primeiro, mas não o único. Depois, vieram outros tamanhos do clássico quadrado, com 70 e 140 cm. Em 1980, a Hermès criou o “gavroche”, em português: jornaleiro. O modelo foi inspirado nos lenços masculinos, medindo 45 cm e tecido plissado. Em 2001, sob o comando criativo de Martin Margiela, foi criado o “losange”, a peça muito provavelmente recebeu esse nome devido seu formato. 

Gavroche 45 Voitures Exquises Détail

Losange Jacquard Quadrige, Moyen Modèle

Maxi carré 140 modelo negra
Carré 140 Double Encadré

Lenços são vistos com maior frequência nos pescoços – apesar de Jacqueline Kennedy tê-los usados envoltos na cabeça, e de Grace Kelly ter feito o famoso carré de tipóia quando fraturou o braço – a própria marca fez um guia com ilustrações de como amarrar e transformar as peças em top, sacolas, alça de bolsa, faixa de cintura. Isso me faz lembrar da frase de Maria Schaefer, coordenadora criativa da Hermés. 

“Não respeite o carré. Ouse criar. Trate-o até com certa dureza!”

Em qualquer formato, de qualquer tamanho. Seja por história, por tradição, por luxo, ou simplesmente porque sim! O carré é desejo de muitas mulheres.

Um beijo e até a próxima.

Gostou? Compartilhe agora:

Imagem de Serviço Consultoria de Imagem e Estilo. Raquel Bazetto Consultoria de Imagem e Estilo.

Raquel Bazetto

é Consultora de Imagem e Estilo formada pela Dresscode® com Silvana Bianchini, pioneira na consultoria de imagem no Brasil. É especialista em Estilo Pessoal e uso de acessórios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vou Falar Com a Raquel

Ao clicar em INICIAR CONVERSA, você será levada para o aplicativo WhatsApp. Caso não tenha este app instalado, retorne e faça o contato pelo formulário que existe no site.

Este site utiliza cookies que possibilitam a identificação de usuários. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.